quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Avião não cai!



Já falei mais de mil vezes: -- avião não cai; avião é derrubado! Assim como já falei “mais de mil vezes”:-- Façam o que eu digo; mas não façam o que eu faço! Já fiz as maiores “leãozadas” na minha querida Força Aérea; mas nunca, nas minhas mais de dez mil e uma milhas voadas, nunca arranhei nenhum dos meus lindos aviões e sempre voei com muitos “galões” a mais nos meus tanques de combustível, sempre pensando na mãe e nos filhos que ficaram em casa. Aproveito a oportunidade para lembrar a todos os pilotos “novinhos” que aviões devem ser tratados como se deve tratar todas as mulheres do mundo, sejam elas gordinhas, magrinhas branquinhas, negrinhas, louras, morenas, baixinhas ou gigantes:-- Com muito “amore”, carinho e principalmente finesse, se não a casa cai...
Esse caso do time de Chapecó precisa ser muito bem analisado, pois “ouvi dizer” que a “Conmebol” -- filiada à FIFA, Federação com inúmeros dirigentes presos por aí, envolvidos nas maiores “falcatruas -- era muito “interessada” em que o transporte dessas equipes sul-americanas de futebol fossem feitas somente pela “LaMIA”, empresa de “um só avião”, o que caiu;  assim como seria “interessante” procurar saber se a  “ANAC”, essa verdadeira “Anarquia”, ao “não autorizar” um voo direto de São Paulo para Medellín agiu dentro dos conformes, ou se não fez também algum “arrumadinho”... Tudo é possível, como dizia o Machado de Assis.
Se faço esse arrodeio todo é para “alertar” as autoridades que o “Avião Brasil” está prestes também a cair, não por falta de combustível, mas por falta de vergonha, “Avião” que  precisa urgentemente de uma troca de “tripulação”, por “aviadores” responsáveis, de mãos ágeis e competentes, civis ou até mesmo, como alguns mais afoitos desejam, pilotos “militares”...
Coronel Maciel.


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Somente nós poderemos nos salvar!



Todo mundo sabe; o Trump também sabe que a melhor e a mais rápida solução para salvar o Brasil; este Brasil virado no diabo, é a volta dos militares. Mas também todo mundo sabe que esta é uma missão impossível e “indesejada” até mesmo pelos mais aguerridos generais!
Todo mundo também sabe que o “Moro”, sozinho; que a “Polícia Federal” sozinha, não vai dar conta do recado. “Eles” prendem; mas “um poder maior se alevanta, e manda soltar”.  Daí, a necessidade do apoio, da ajuda das Forças Armadas. Mas um apoio velado. Um apoio sem estardalhaços. Mostrando a esses cachorros que ainda nos governam que nós, os militares; que nós, os civis e militares, estamos com “eles”, e que mexer com eles é mexer com todos nós!
Nem os “americanos” podem nos salvar... Somente nós poderemos nos salvar!
Coronel Maciel.

domingo, 27 de novembro de 2016

"Tática Juruna".



Como será "o mundo" sem Fidel? Quando o Brasil vai sair desse sufoco? E agora com essas “gravações”? -- Gravações!? -- Ora, se até o Cacique Juruna, eleito Deputado Federal, lá pelos anos 80, jamais se afastava do seu gravador:-- “Para registrar tudo o que branco diz!” -- ainda mais o “Calero”, coitado, sabendo que o Presidente, “branco”, jamais iria dizer, só se fosse “louco”, que o “enquadrara”, foi o que fez seu antigo ministro usar a “Tática Juruna”.  Não sei se Calero pesou bem as consequências do seu “tresloucado gesto”; só sei que “gravações” não mentem jamais! E agora, José?
Não sei qual a causa da queda do “Helicóptero”. Precisamos saber! Saber se foi falha do piloto. Se foi devido há mais de um ano sem revisão.  Ou se foi “derrubado” pela “antiaérea” do inimigo. Antiaérea capaz de derrubar qualquer avião que se aproxime -- velocidade reduzida, trem e flap em baixo -- para pouso no Galeão (Jamais, nem eu, nem ninguém, vai se acostumar a dizer Aeroporto Tom Jobim. Sem querer desmerecer o músico.).
Quem brinca com fogo, acaba derrubado... 
Coronel Maciel.

sábado, 26 de novembro de 2016

Bandeiras a Meio Pau!



Bandeiras a meio pau!
Morreu Fidel Castro! Bandeiras a meio-pau! Luto oficial no mundo inteiro. Do Vaticano à Casa Branca! Com certeza será santificado pela nossa Santa e Amada Igreja Católica, cuja alma deve estar agora se aproximando das vetustas portas dos céus:-- “Entre Fidel; você não precisa pedir licença, dirá São Pedro Bonachão!”
Sou obrigado a tirara o meu chapéu para um homem que por mais de cinquenta anos mandou e desmandou na América Latina. Para um homem que sempre “cagou e andou para os americanos”. Para um homem que conseguiu colocar a bandeira cubana ao lado da americana, bem no coração dos Estados Unidos! Tenho ou não tenho que lhe prestar continências?
Não sei se o povo cubano, que me parece ser igualzinho ao povo brasileiro, vai ter coragem para pôr na cadeia o que restou da “Revolução Cubana”, ou se vão continuar como os nossos brasileirinhos, estes sempre prontos a elegerem e reelegerem as mesmas caras, os mesmos filhotes do Fidel Castro, prontos a fazerem uma lei perdoando todos os seus “pecados” presentes e passados, exceto os do futuro!
Que Deus tenha piedade do homem de coração de ferro; do perseguidor inexorável; do assassino cruel e ambicioso, que nunca derramou uma lágrima pelos fuzilados nos “Paredóns” Cubanos!
Coronel Maciel.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Praga de Urubu!



Deus é brasileiro? Uns, dizem que sim! Outros também, mas que “Deus” não gosta de pobre! Tanto assim que os ricos daqui estão ficando cada dia mais ricos, e os pobres, coitadinhos, cada vez mais pobres!  – Pobre vive de teimoso que é. Sapato de pobre é tamanco, almoço de pobre é café, já diziam os grandes poetas de outrora!
Pobres só sabe reclamar; pobre só sabe clamar por justiça e nada mais.  Assim como o “Boris” que vive dizendo, com sua boquinha redondinha, que “isso-é-uma-vergonha!” -- Coisas que não adiantam nada, dizer!  O que o Brasil precisa mesmo é a volta dos militares, dizem as más línguas! -- Militares, em vez de lágrimas! -- Militares, em vez de futebol, carnaval, cachaça e viola!  Militares em vez de “Olimpíadas”; militares em vez “Copas do Mundo”! Deus que nos livre e guarde dessa praga de urubu!  Chega!  Deixem os generais em paz!
Tenho “a mais absoluta certeza” que essas “Delações” não vão dar em nada, pois, “quanto pior, melhor”! Quanto mais “gente” envolvida, melhor! Até novamente o Geddel. Até mesmo o baixinho “Temer”! (Tomara que não tenha nenhum general, brigadeiro ou almirante envolvido em tão escabrosas bandalheiras!)
Já estão bolando uma Lei. – Lei, ora, lei, como dizia o Getúlio-- absolvendo todas “as mais altas autoridades” de todos os partidos; de todos os matizes, de todos crimes presentes e passados, exceto os futuros!  Todas as sacanagens; todas as roubalheiras, todas as bandalheiras; tudo lhes serão “perdoados”. O que passou, passou. Todos agora se dizem “arrependidos”. E nem Deus é capaz de modificar o passado:--Só o arrependimento, já dizia o grande Oscar Wilde!  

Coronel Maciel. 

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

"Perguntas de Prova".



O quê “Trump” pode fazer pelo Brasil?  Por que todo “Petista” gosta do Barack Obama?  Kennedy disse: "Não perguntem o que os Estados Unidos podem fazer por vocês. Perguntem o que vocês podem fazer pelos Estados Unidos! - ” I have a dream”... Luther King. Não adianta perguntar o que os americanos podem fazer pelo Brasil. Perguntem o que nós, “velhos pilotos”, “velhos marinheiros”, “velhos infantes” ainda poderemos fazer.   E os “novos”?
O “Helicóptero” caiu, ou foi derrubado? “Geddel”, deve cair ou ser derrubado? E todos os outros? Quando?
Coronel Maciel.