quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Mourão para Presidente!

Mourão para Presidente!

Todo mundo sabe que a única coisa “realmente” democrática no mundo, é a morte! Assim como todo mundo sabe que, sem as Forças Armadas, não haveria democracia no Brasil! Democracia ou morte! Palmas para o General Mourão, Gauchão Macho do Culhão Roxo, a voz que mais alta se alevanta em defesa da nossa tão ameaçada democracia!
Coronel Maciel.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Generais "Mourão".

Esse General Mourão “de hoje” tem o mesmo DNA daquele general Mourão “de ontem”, aquele que desceu comandando suas colunas das Minas Gerais, em defesa da pátria, 64? Se tiver... pode dar merda... kkk  -- Eu me lembro muito bem! Era trinta e um de março de 64; as Forças “Amadas” do Brasil estavam em marcha acelerada na tentativa de livrar o Brasil do perigo vermelho! -- Base Aérea de Santa Cruz, a Base Aérea mais forte e mais bem equipada do Brasil. O Coronel Rui Moreira Lima, seu comandante, decola para identificar a coluna do General Mourão que estava chegando das Minas Gerais. Moreira Lima sabia muito bem como parar “colunas”, pois já havia feito isto na Itália, contra colunas alemãs. Naqueles tempos, Moreira Lima lutava contra o nazismo, contra o fascismo. Mas, anos depois, respondendo interrogações “tinhosa-capciosas” de um entrevistador, que lhe perguntava se teria coragem de “metralhar” a coluna do general Mourão, respondeu: -- Quando eles viram o meu avião, foi um verdadeiro “espalha brasa”; “um verdadeiro pega-pra-capar”... -- Se eu tivesse dado um tiro haveria gente correndo até hoje... -- Mas o avião estava desarmado... -- Eu fazia um simples voo de reconhecimento...”.
-- Que coisa mais triste, meu Deus! -- Não sei que força estranha é essa que as esquerdas possuem; forças demoníacas capazes de fazer um Major-Brigadeiro, como era o Moreira Lima (morreu aos 93...), descer das suas consagradas alturas para vir se juntar aos porcos. Forças capazes de fazer os nossos atuais comandantes se manterem assim tão humildes, tão calados... 

A paixão começa com a compaixão; e ter compaixão por terroristas é o mesmo que lhes abrir portas para novos crimes! 
Coronel Maciel.

Palmas para Raquel!

“Sete anos de pastor Jacob servia Labão, pai de “Raquel”, serrana bela...”
Muitos, com eu, não acreditam que Jesus Cristo era filho de Deus; mas acreditam, como eu acredito, que Jesus era uma pessoa exatamente igual a todos nós, porém dono de uma personalidade tão forte, tão dinâmica e tão importante, que jamais foi nem nunca será igualada! Jesus foi também o precursor do movimento romântico no mundo; mesmo com as “arbitrariedades” dos homens mais  românticos do mundo, quais sejam os pilotos, os  poetas, os amantes, seresteiros  e  namorados,  quando disse a  alguns desses muitos “carolas” que infernizam a vida dos amantes que exigiam que Jesus se pronunciasse contra Madalena, hoje para mim a mais  respeitável e venerável de todas as Santas do mundo, acusada de adultério, proferiu a mais “romântica” das   sentenças: -- Quem se achar livre dessa culpa, que atire a primeira pedra!
Jorge Amado, o grande baiano Jorge Amado, “comunista de alma branca”, criador do “Quincas Berro D´água”, um dos muitos “filósofos-românticos” do cais da minha querida Bahia de Todos os Santos e do Pai Santo “Jubiabá”, quando, no auge de mais uma das suas muitas noitadas homéricas, regadas com muita cachaça e viola, dizia que “não se pode dormir com todas as mulheres do mundo, mas deve-se fazer força”,  e que “quando um homem morre, ele se reintegra em sua mais autêntica respeitabilidade, mesmo que tenha cometido loucuras na vida”, mas que tem seus lugares garantidos nos “inferninhos” existentes nos cantos escuros dos céus...

Coronel Maciel.

sábado, 16 de setembro de 2017

A Montanha e Maomé.

Se a Montanha não vai a Maomé, Maomé vai à Montanha! Temer vai a Trump conversar sobre a Venezuela. Sobre o inferno que o comunismo transformou a Venezuela. Quem vai conversar com Trump sobre o inferno que os comunistas estão transformando o Brasil? Quem? De que lado estão as Forças Armadas Venezuelanas? De que lado estão as Forças Armadas Brasileiras? As nossas estão caladas. Quem cala, consente? E se as nossas “Forças” resolverem dar um basta nessa esculhambação que virou o Brasil, Trump vai nos apoiar?  Lógico que não!  Muito pelo contrário! Vai botar o rabão entre as pernas! Os americanos deixaram toda essa merda acontecer, ao abandonar a América Latina nas mãos dos comunistas. Mas os Furacões Caribenhos estão aí, prontos a nos vingar! Os “Islâmicos”, também! O “Coreano” também! kkkkkkkk

Coronel Maciel.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Que merda de paísé esse?

Que merda de país é esse que vocês nos deixaram?

Já falei mais de mil vezes que pode chover canivete, mas o Temer vai até o fim. Depois dele, ninguém sabe. Quem sabe até novamente o Lula. Não sei. Só sei que a corrupção vai continuar, sendo a de amanhã pior que a de hoje! Todo mundo sabe que a corrupção é a base do todo regime comunista. E o mundo inteiro sabe que os comunistas é que mandam no Brasil. Tentamos, em vão, acabar eles; mas demos com os burros n’água. Foram mais de vinte anos de muita luta, para não dar em nada. Dizem que se houvéssemos feito como fez o Fidel Castro, isto é, imensos e sanguinários “Paredóns”, proporcionais ao que ele fez em Cuba, o Brasil hoje seria o prolongamento daqueles mais de vinte anos, quando éramos felizes e não sabíamos. Agora é tarde. O sonho acabou. A única arma que os brasileirinhos, e eu também sou brasileirinho, temos é o “voto”. E estamos aí, com “armas nas mãos”, prontos a reeleger as mesmas caras de sempre. A mesma “árvore genealógica”. Os mesmos bandidos de sempre. De modo que é bobagem pensar que alguma coisa possa mudar, a não ser que algum desses “novinhos de hoje” queiram fazer alguma coisa, coisa que eu duvido muito. E que eu, apesar de ser um tanto quanto maluco-beleza-ateu, dou “Graças ao meu bom Deus”, rezando para que eles se mantenham dentro dos seus velhos tanques, navios e aviões, esperando que seus filhos e netos logo venham lhes dizer: -- Que merda de país é esse que vocês nos deixaram, seus “porras”?
Coronel Maciel. 

terça-feira, 12 de setembro de 2017

É preciso saber viver!

Não é de hoje que venho tentando mostrar ao meu "querido povo brasileiro" quem é o Sarney, aquele que, quando Presidente desta república de bananas, mandou me prender por quinze dias, sem fazer serviço, só porque publiquei na primeira página do “Jornal do Brasil” de um domingo umas poucas verdades sobre o seu governo furacão. Vejo que agora o “Marimbondo de Fogo” não se endireitou, voltando às colunas policiais. Quando o Sarney assumiu, assumiu também os novos dirigentes na minha querida Força Aérea, os quais chegaram com a “Força do Cão”, ou melhor com “Força Total”, com “Manete à Pleno”, atirando contra a administração do Brigadeiro Délio Jardim de Matos, remanescente da “Ditadura” (na verdade “Ditamole”...) o qual, diga-se de passagem, nem me conhecia. Eu era um simples Chefe do Gabinete do Brigadeiro Castelo Branco, na época Comandante do Segundo Comar, que, por ser da “Turma” do Délio foi intempestivamente exonerado, para não dizer expulso, e substituído por um tal Brigadeiro Luís, o qual, ao assumir, me chamou para um “particular” dizendo que eu seria também imediatamente “expulso”, de nada valendo eu dizer que os meus filhos seriam os mais prejudicados. Fui parar em Belém do Para, e de lá, pouco depois, fui transferido para Brasília, onde, já muito “Puto da Vida”, publiquei as “verdades”, o que me acarretou além dos 15 dias nova transferência para o Rio, quando não aguentando mais tantas sacanagens pedi minhas contas, e hoje estou aqui, feliz da vida, deitado em minha rede olhando de longe os aviões tucanos, sobrevoando, lindos e fogosos, as águas verdes dos mares da Natal. Como é bom saber viver! Pobre, paupérrimo, mas longe, bem longe das grades da “Papuda’... kkkk

Coronel Maciel.

sábado, 9 de setembro de 2017

Balas ou Rezas e Orações?

Quando eu vejo o Papa pedindo, orando, suplicando aos milhares e milhares, talvez milhões e milhões de “Católicos” Colombianos que esqueçam e perdoem as atrocidades praticadas pelos guerrilheiros  das FARC, penso em como seria bom que o Papa fizesse um “Toque e Arremetida” aqui no Brasil, e pedisse também aos  milhões e milhões de “Católicos” Brasileirinhos que esqueçam e perdoem os crimes, os assaltos aos cofres públicos, as eternas  roubalheiras e tantas outras atrocidades que continuam sendo praticados por esses guerrilheiros das “FARB”, Forças Armadas Revolucionárias do Brasil, que tanto mal já nos fizeram, e continuarão fazendo, a não ser que o Papa, com suas rezas e orações, venha nos salvar. Precisamos mesmo é de “balas”, é o que dizem os muitos que não acreditam mais em rezas e orações...   
Coronel Maciel.