quarta-feira, 26 de julho de 2017

O Brasil daqui a quinhentos anos!

Donald Trump acaba de inaugurar o maior e mais poderoso Porta Aviões nuclear do mundo, o “Geral Ford”, a um custo de treze bilhões de dólares, e capaz de dar abrigo a quinhentos aviões! O que não é nada comparado com a imortalidade da alma, nem com as dezenas de bilhões de dólares do mais perseguido presidente americano, perseguido pelo partido democrata americano, o mais “antidemocrático” partido do mundo, o partido do “negão” Barack Hussein Obama, aquele que, seguindo conselhos do seu amigão Lula, queria tirar dinheiro dos americanos que trabalham, para dar para os que não querem nada com o trabalho. Todo mundo fala mal dos “americanos”, principalmente as “esquerdinhas” do Brasil, que os consideram os maiores imperialistas e carrascos da América Latina!  Ora, o mundo é dos vivos! Isto vem acontecendo desde que o mundo é mundo. Dizem até que Deus não gosta, nem ajuda quem é pobre! Quem não quer nada com nada! Basta um simples exemplo: os americanos conseguiram “enfiar” nos brasileirinhos a “Refinaria de Pasadena”, obsoleta, toda enferrujada, dando um prejuízo de um bilhão de dólares nos bolsos dos brasileirinhos, brasileirinhos como eu, que só sabem “clamar por justiça”; mas ninguém foi preso! Muito menos a “Dilma”! E não é só os americanos que gostam de nos enfiar; muito outros por aí! Enfiam refinarias enferrujadas, como enfiam “Copas do Mundo” de futebol, Olimpíadas e outras grandes sacanagens que só servem para encher cada vez mais os bolsos dos “corruptos”, enchendo o Brasil de elefantes brancos.
Eu acho que se os americanos parecem subitamente de crescer; estacionassem no tempo e no espaço, e o Brasil continuasse a “crescer”, nem daqui a quinhentos anos o Brasil seria o que é hoje o “TIO SAM”. Muito pelo contrário!

Coronel Maciel.

domingo, 23 de julho de 2017

"Home que é home não bobeia!"

Já dizia Galileu, da Galileia! Piloto bom é o piloto que não morre; aquele que fez as maiores “leãozadas” do mundo, mas que nunca se deixou cair nos braços da “bruxa”, que é cega, como esse “Degas” aqui, e muitos outros Degas por aí! Segundo o Darwin, só os melhores “escapam”... kkk. O mesmo acontece com os “melhores políticos” do Brasil e do mundo! É o caso do Sarney, magnífico exemplo do verdadeiro “malandro”, aquele que  nunca foi preso, que foi Presidente e acabou na “Academia”, ao lado do Rui. Como o Sarney, há muitos outros grandes exemplos por aí, que vivem na malandragem e nunca se deixaram enganar, caindo nos braços da “Papuda”. O Lula é outro formidável exemplo; a sua anta de estimação, outro. Os que se deixaram enganar, como todos esses “falsos malandros”, como “Nem”, também por exemplo, e que hoje “mofam” nas prisões; esses, em minha modesta opinião, não passam de uns grandessíssimos “babacas”, que nunca aprenderam o famoso “Pulo do Gato”, pulo do qual o Lula é o maior especialista, e que por isso vai acabar, se bobearem, novamente “Presidente”.  E o que dizer daqueles nossos velhos generais, hein? Em qual dessas ilustres categorias poderíamos incluí-los? Uns acham que eles foram também grandes “babacas”, por não terem feito como o barbudo Fidel Castro, que mesmo depois de morto, ainda manda e desmanda na América Latina...

Coronel Maciel.  

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Até quando?

Seria ir longe demais supor que o Brasil continuaria a ser aquele “Eterno Paraíso”, e não este “Paraíso Perdido”, se estivéssemos ainda nas mãos dos militares? Deveríamos, apesar de tudo, ter continuado a lutar contra tudo e contra todos? Contra uma Igreja Católica, cada vez mais nas mãos de bispos e padres vermelhos? Contra professores, mestres e doutores especialistas em “Lavagens Cerebrais”? Contra uma imprensa cada vez mais nas mãos das esquerdas malditas? E esses nossos “intelectuais”? E esses nossos “artistas”?  Missão impossível! A não se tivéssemos feito como Fidel Castro e seus eternos “Paredóns” que até hoje mantem Cuba na mais completa escravidão!
Ai dos vencidos! Breno, general Celta que liderou o exército gaulês 390 anos antes de Cristo, depois de capturar e saquear Roma, decidiu também humilhar os romanos, obrigados que foram a pagar um pesado resgate de 320 kg ouro para libertar a cidade.  Ora, durante a pesagem, os romanos reclamaram contra o uso de pesos falsos. Breno então atirou a sua espada no prato da balança, pronunciando a famosa frase "Vae Victis!" -- "Ai dos Vencidos! ”, e os romanos foram obrigados a satisfazer cada vez mais a fome dos vencedores!

Os nossos   generais não dispunham de tanto ouro para satisfazer a fome de tantos inimigos, inimigos que até hoje mandam e desmandam neste “fedido” Brasil. Até quando?
Coronel Maciel. 

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Crime , castigo e perdão!

Não sei o Donald Trump, como eu tanto esperava, vai ter coragem de retirar a ensanguentada bandeira cubana que o Barack Obama tão demagogicamente plantou no coração dos americanos, devolvendo-a aos ditadores cubanos. Trump, chicoteado, humilhado, ofendido diariamente pela imprensa americana não vai querer abrir outra frente de combate contra o comunismo tupiniquim que, a partir de Cuba, comanda, há mais de cinquenta anos, América Latina. Não sei se Trump teria peito e coragem de defender os venezuelanos, coitados, que estão “se limpando com os dedos”, e suas “meninas” usando pedaços sujos de jornais velhos, quando chegam aqueles dias. Melhor então é deixar que o comunismo avance no Brasil, e que Lula se transforme num ditador igual ou pior que o “Maduro”,  tudo sendo feito nas barbas sonolentas dos nossos generais! E não será surpreendente se Lula transformar as nossas combalidas Forças Armadas, à semelhança do que aconteceu na Colômbia, nas “FARB” -- Forças Armadas Revolucionárias do Brasil. Basta que, para que tal desgraça aconteça, os nossos generais continuem “perdoando” esses ratos comunistas que os nossos velhos generais tão ingenuamente perdoaram. O perdão é uma porta aberta para novos crimes!

Coronel Maciel.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Nem na 'Ditadura'!

Nem na “Ditadura”!

Quem me dera agora o verbo solene de um “Vieira”! Quem me dera agora a veia poética de um “Machado” para descrever o abismo que separa as esperanças verdes daqueles nossos velhos tempos, com a triste realidade desses novos tempos! Não exijam de mim descrever aquele nosso Brasil, se não quiserem que eu ensope de lágrimas os olhos dessas mães que hoje choram a perda de filhos, coitadinhos, fuzilados, indefesos, ainda dentro de ventres maternos! “Nem na “Ditadura” – disse o presidente do Senado Federal, ao ver aquelas três vulgares, ordinárias, grosseiras senadoras ocupando a mesa do Senado; três mulheres que nem de longe representam a verdadeira mulher brasileira! A verdadeira mulher-mãe brasileira, aquela mulher que, forte, estremece e chora, ao ver o sofrimento das nossas criancinhas, e, fraca, se alteia mais que a bravura dos leões, na defesa dos filhos!  Não exijam de mim que relembre o nosso passado, um passado feliz que cruzamos em nossos caminhos, sem que os nossos filhos e netos, os nossos mais incorruptíveis e inexoráveis julgadores, venham, com todas as razões; com todas as pedras nas mãos, nos acusar dessa herança maldita que os estamos deixando.  
Coronel Maciel.

terça-feira, 11 de julho de 2017

"PEGA PRA CAPAR!"

Sou obrigado a tirar o meu chapéu para Wesley Batista e para o seu comparsa, o Lula da Silva, por terem chegado em tão pouco tempo aos “píncaros” da glória! O primeiro, ajudado pelo nosso suado dinheirinho, através do BNDES, e o decisivo apoio da “Dilma”, do Lula e seus “Trabalhadores”; e o segundo, de ter se transformado de um mísero retirante das secas nordestinas, a dono de um Partido Político e chegado à Presidência da República! E nunca terem sido presos! Não sei se o Wesley conseguiu chegar, nas caladas da noite, ao Palácio do “Jaburu”, seguindo seus próprios passos; ou se foi ajudado pelo “Janot” e o seu “Procurador”, nesse perigoso “voo noturno”!  Neste caso, é justo, urgente e necessário que ele, o Janot, seja devidamente “emasculado”, isto é, capado em praça pública, à sangue frio, com se capava porco nos quintais das casas vizinhas, lá no meu Belém do Pará! Por mais que eu me esforce, não consigo acreditar, e muito menos entender como foi que o Temer, depois de longos cinquenta anos deliciando-se nas ondas doces das malandragens políticas; de ser um danado de bode velho; uma velha raposa política, se deixar cair numa armadilha tão fácil de ser desarmada, coisa que nunca aconteceria com o Lula, ratão velho, bêbado, experiente e tão difícil de ser preso ou simplesmente capado.
Coronel Maciel.


segunda-feira, 10 de julho de 2017

Beleza de país!

Beleza de país!
Billy Blanco, paraense da gema como este velho “piloto” aqui, dizia, entre outras maravilhosas pérolas musicais: -- Não fala com pobre, não dá mão a preto/Não carrega embrulho/Pra que tanta pose, doutor/Pra que esse orgulho... O enfarte lhe pega, doutor/E acaba essa banca... kkk . Quando o “Jânio” renunciou, renunciou pensando em voltar nos braços do povão. Coitadinho do Temer; nem renunciar ele pode, pois sabe que, renunciando, vai direto pra “Papuda”, já que não é tão querido como a “Dilma”, que, tendo feito coisas piores: assaltante de bancos, terrorismo, roubalheiras, assassinatos, “Pasadena”, e outras mil “maravilhas”, foi “defenestrada” da presidência, mas continua feliz da vida, rindo com todos os dentões de fora, na esperança de voltar nos braços do povão!

Enquanto o Brasil pega fogo, os militares não estão “nem aí”... “Não era essa a democracia que vocês queriam”... kkk
Coronel Maciel.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Saco de "Porradas"!

“Saco de Porradas”

Com a queda do “Muro de Berlin” o comunismo acabou na Europa e veio se instalar na América “Latrina”, fazendo de Cuba sua sangrenta capital, quando numa única madrugada “Che Guevara” comandou o fuzilamento de mais de seiscentos cubanos que se meteram “à besta”, ao se recusarem rezar pela cartilha comunista! Mas é bom lembrar que Stalin dobrou a renda “per capita” da Rússia, mandando matar, usando as mais diversas formas de torturas, mais de cinquenta milhões de velhos, doentes físicos e mentais e as mais diversas minorias. Hoje o Brasil tem mais comunistas que a Rússia nos tempos de Stalin! E as nossas Forças Armadas, coitadinhas, que sempre lutaram contra os comunistas, mas sempre levando “a pior”, hoje lhes servem de “Saco de Porradas”. E tão logo os comunistas identificaram a “Lava Jato” como sendo apoiada, mesmo “veladamente”; mesmo timidamente, pelos militares, passarem “também” a ser acusadas das causas dos nossos atuais azares e sofrimentos. De modo que, se a minha “sagacidade” não me engana, o Partido dos Trabalhadores, um antro de comunistas, vai dar a “mão de cal” em cima do túmulo da “Lava Jato”, e ainda por cima vai emplacar o próximo presidente, dando continuidade ao comunismo, e consequentemente a esta corrupção que vai continuar imperando neste Brasil virado no diabo! De modo que só nos resta mesmo clamar por justiça por Deus que parece cego e que não vê este inferno que virou o Brasil...
Coronel Maciel. 

domingo, 2 de julho de 2017

O triste fim da "Lava Jato".

Minha Anja da Guarda me disse, São Pedro me confirmou: -- Só quem é cego que não vê! Mesmo que eu ganhe a “Mega Sena”; mesmo que chova canivete, o Temer vai chegar lá! Lula será de novo presidente! Ou ele ou “ela”, ou os dois, unidos novamente!  Quem pode, pode, vai arrumando seus trapinhos, dando adeus às ilusões.  Quem não pode vai ficando por aqui, implorando por justiça e dando adeus à “Lava Jato”, a maior das ilusões... 
Coronel Maciel.


sábado, 1 de julho de 2017

Você já viu "Disco Voador"?

UFO’s, Iaras, botos e jacarés!
Muita gente boa continua dizendo que já viu discos voadores.  Eu nunca vi, nem nunca ouvi dizer que algum desses grandes astronautas, diretores de laboratórios astronômicos com seus possantes telescópios, nem grandes astrônomos dizer que já viram. O que eles dizem é que é muito pouco provável que só a terra -- este zero pequenino, no dizer daquele velho bardo inglês, -- seja habitada. E que há muitos milhões de planetas habitados neste universo sem fim, mas que é muito difícil vencer distâncias tão astronômicas. E que, ainda mais, vencidas tais distâncias, esses UFO’s fiquem por aí, tão inteligentes e poderosos, escondidos por aí, com medo da gente e brincando de amores com botos, iaras e jacarés.
Vários amigos meus, corajosos pilotos e outros tantos militares da minha querida Força Aérea Brasileira, dizem e chegam até a jurar, que já viram tais discos saindo apressados das águas do Rio Guamá, ao pressentirem suas abelhudas presenças, munidos de máquinas fotográficas, possantes binóculos e dezenas e mais dezenas de garrafas da saborosa “Cerpinha”, a deliciosa cerveja dos paraenses. Eu mesmo nunca tive a “felicidade” de ver. - E vocês?
Índios e caboclos das florestas amazônicas acreditam piamente na lenda das “Iaras”-- lindíssimas morenas que adoram ficar deitadas, nuinhas em pelo, nas areias brancas dos furos e igarapés, sacudindo seus longos cabelos negros, mais negros que “as asas da graúna”; com seus sorrisos provocantes, sedutores, cantando as mais  lindas melodias. Foi assim que muitas conseguiram seduzir alguns pilotos da FAB, desses “tarados” que não podem ver mulher, e quando seduzidos pelas “Iaras” ficam loucos varridos e que o único remédio é uma boa surra de corda, ou fumigação com alho, pois me diziam os missionários alemães que o cheiro do alho, ou da cebola, ainda que seja superstição, espanta os amores das doces Iaras, que não se dão bem com cheiro de alho ou de cebolas.
Há os botos machos e os botos fêmeas. Os machos seduzem mulheres; as fêmeas, os homens. Dizem as más línguas que muitos desses mais antigos, hoje velhos pilotos, se deixaram cair nessas perigosas armadilhas do amor. Não fosse eu mais esperto, teria caído nos cantos e encantos dessas sedutoras Iaras amazônicas... kkkk

Coronel Maciel.