segunda-feira, 17 de julho de 2017

Até quando?

Seria ir longe demais supor que o Brasil continuaria a ser aquele “Eterno Paraíso”, e não este “Paraíso Perdido”, se estivéssemos ainda nas mãos dos militares? Deveríamos, apesar de tudo, ter continuado a lutar contra tudo e contra todos? Contra uma Igreja Católica, cada vez mais nas mãos de bispos e padres vermelhos? Contra professores, mestres e doutores especialistas em “Lavagens Cerebrais”? Contra uma imprensa cada vez mais nas mãos das esquerdas malditas? E esses nossos “intelectuais”? E esses nossos “artistas”?  Missão impossível! A não se tivéssemos feito como Fidel Castro e seus eternos “Paredóns” que até hoje mantem Cuba na mais completa escravidão!
Ai dos vencidos! Breno, general Celta que liderou o exército gaulês 390 anos antes de Cristo, depois de capturar e saquear Roma, decidiu também humilhar os romanos, obrigados que foram a pagar um pesado resgate de 320 kg ouro para libertar a cidade.  Ora, durante a pesagem, os romanos reclamaram contra o uso de pesos falsos. Breno então atirou a sua espada no prato da balança, pronunciando a famosa frase "Vae Victis!" -- "Ai dos Vencidos! ”, e os romanos foram obrigados a satisfazer cada vez mais a fome dos vencedores!

Os nossos   generais não dispunham de tanto ouro para satisfazer a fome de tantos inimigos, inimigos que até hoje mandam e desmandam neste “fedido” Brasil. Até quando?
Coronel Maciel. 

Nenhum comentário: